domingo, 1 de abril de 2012

Barras de espera de pilares.


O que  acontece  com  as  barras  de  espera,   são quanto  ao  seu posicionamento pois  acontece em obras   em que as   esperas  dos  pilares  não  coincidem  com  sua  localização  em  planta.

Para que isso ocorra, as causas podem ser diversas, tais como:

- falta de amarração adequada;
- movimentação das barras durante a concretagem
- descuidos na locação dos pilares, etc.

Para evitar esse problema, recomendamos como principal a fiscalização das ferragens.

Para melhorar a rigidez da armadura  impedindo o seu deslocamento,   recomendamos que se  execute um quadro de madeira para servir de apoio às barras de espera e que o mesmo seja  fixado no restante da armadura (Figura 11.21).

Caso as  recomendações citadas não  forem obedecidas,  deixando as barras de espera  fora de posição após a concretagem, não deve ser permitido que as mesmas sejam   dobrados  para alcançar sua posição (engarrafamento das armaduras), devendo nestes casos consultar o  projetista.

Figura 11.21 - Quadro de madeira para servir de suporte às barras de espera dos pilares

As   esperas   de   pilares   (arranques)   tem  o   comprimento  mínimo  dado   por  Norma  NBR  6118/1980 (Tabela 11.4), o que deve ser respeitado, salvo recomendações do calculista.

Tabela   11.4   -   Comprimentos   básicos   para   as   esperas   de   acordo   com  o   fck   do   concreto  (Fusco,1994)

0 comentários: